ANO XVII FONE: (16) 3262-7700


É chamar o povo de trouxa

Por Walter Campos


Não fosse repetida por várias vezes, nos diversos canais de TV, eu pensaria ter me enganado ao ver a propaganda partidária do PT, veiculada na noite da terça (7), cuja peça publicitária dizia: “Colocamos mais gente importante na cadeia por corrupção do que nos outros governos".

O comercial em questão, faz parte da contraofensiva para tentar estancar o desgaste da imagem do partido, acentuada após as revelações do “Petrolão”, demais escândalos escancarados recentemente e o fraco desempenho da presidente Dilma frente a questões pontuais do governo.

A frase "colocamos mais gente importante na cadeia por corrupção do que nos outros governos", é apresentada junto à imagem de uma cela sendo fechada com cadeado. Pois é, os marqueteiros do partido parece haver se esquecido de mencionar que a "gente importante" que foi parar atrás das grades nos últimos anos, é parte da cúpula petista. O ex-ministro petista José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-presidente do partido José Genoino, o publicitário Marcos Valério e outros ‘cumpanheros’ que foram para o ‘xilindró’ após serem condenados no julgamento do ‘Mensalão’. Esqueceram também, de mencionar que quem os condenou não foi o Governo e sim, a Justiça sob a batuta do Ministro Joaquim Barbosa, amparada nos fortes argumentos do Ministério Público e Polícia Federal que, entre outros meios, contaram com delações premiadas de "gentes importantes" que também prevaricaram.

Outros nomes do comando petista estão na mira da Polícia Federal, inclusive, do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que presidiu a Bancoop entre 2004 e 2010. Durante sua gestão, segundo denúncia do Ministério Público, os recursos para erguer apartamentos eram desviados para contas bancárias de seus diretores e para abastecer o caixa 2 de campanhas do PT, o que teria ajudado Lula à reeleição. Vaccari também é suspeito de cobrar propina para financiar o Mensalão na relação entre o PT e os fundos de pensão de empresas estatais, bancos e corretoras, embora tenha ficado de fora do processo que corre no Supremo Tribunal Federal.

Marcadores: , , , , ,

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
VER MAIS
EMPREENDEDORISMO
Carregando...
VER MAIS
EVENTOS
Carregando...
VER MAIS
HOMENAGENS
Carregando...
VER MAIS