ANO XVII FONE: (16) 3262-7700


Repasses para a Santa Casa ainda deixam a desejar

Orçamento prevê R$ 6,5 milhões, muito abaixo do necessário

Um repasse de R$ 2 milhões por parte da Prefeitura Municipal de Itápolis para a Santa Casa foi aprovado na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal na noite de quarta-feira (1º). De acordo com o projeto de Lei Ordinária 13/2017, de autoria do Prefeito Edmir Gonçalves, os recursos deverão ser utilizados para cobertura de ações de urgência e emergência referentes ao plano de trabalho dos meses de fevereiro a abril. 

De acordo com o Orçamento de 2017, aprovado na gestão passada, deverão ser repassados à Santa Casa, R$ 10,4 milhões. Destes, R$ 3,9 milhões advirão do SUS, enquanto que o município deverá arcar com R$ 6,5 milhões, ou seja, média de R$ 541 mil mensais para a cobertura de gastos da entidade com o Pronto Atendimento (PA) e alguns itens da saúde de base, o que é de obrigação do município. Esse valor está, infelizmente, muito abaixo do necessário, uma vez que o PA tem custado atualmente à Santa Casa em torno de R$ 800 mil/mês, ou R$ 9,6 milhões ao ano. Uma diferença de mais de R$ 3 milhões. Recursos para cobrir esta lacuna inexistem hoje, pois, a máquina pública há tempos é um empilhado de sucatas em todos os setores, diversas obras paradas e muito a se fazer para ressuscitar o poder de investimento. Restando para o gestor atual, muito jogo de cintura, muita negociação política e sorte na busca de recursos através de emendas orçamentárias e inclusões nos diversos projetos de governo.

Marcadores: , , , , ,

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
VER MAIS
EMPREENDEDORISMO
Carregando...
VER MAIS
EVENTOS
Carregando...
VER MAIS
HOMENAGENS
Carregando...
VER MAIS