ANO XVII FONE: (16) 3262-7700


Resiliência: o signo da superação

Em seu desespero ante a iminência de cegueira total, Laércio trabalha e ora para que a ciência ainda possa, senão reverter seu quadro clínico, dirimir o problema, permitindo assim que possa ainda ter uma vida normal

Laércio Oraveis, pessoa popular na urbe itapolitana, vem vivenciando uma situação difícil em virtude da reduzida visão, o que não lhe permite desenvolver um trabalho comum. Por muitos anos nos acostumamos a vê-lo pelas ruas entregando jornais e panfletos, porém, muitos não sabem sobre ao seu quadro clínico.

Ele conta que nasceu já com acentuada deficiência oftalmológica; “Tinha em torno de 35% de visão, dificuldades estas, que prejudicaram meu aprendizado escolar, inclusive, dos 7 aos 12 anos, frequentei a APAE, depois a Escola Valentim Gentil. Antigamente, apesar dos limites, tinha minhas atividades, com as quais, como qualquer cidadão de parcos recursos, mantinha minhas despesas pessoais”, diz Laércio.

Desde 1991, ele trabalha diariamente na entrega de jornais e panfletos, no entanto, nos últimos 15 anos, seu trabalho se tornou ainda mais difícil face à diminuição da visão na medida em que aumenta sua idade.

Após consulta médica recente, o oftalmologista constatou que a visão de Laércio diminuiu notoriamente, com redução acentuada. Através do INSS não há possibilidade no momento para uma eventual aposentadoria por invalidez, uma vez que ele não conta o tempo mínimo necessário de contribuição.

“Inclusive, tenho hoje, aos 47 anos de idade, apenas 15% de visão do olho direito. No olho esquerdo não tenho visão nenhuma, na verdade, tenho uma prótese no lugar do olho”, explana Laércio que complementa; “Mas, a vida tem de continuar, gosto muito de trabalhar e preciso, mesmo dentro de meus limites. Assim, procurei algo que pudesse desenvolver. A idéia da Ação entre Amigos [Rifa] é uma forma de levantar recursos para a minha sobrevivência e manutenção de minha família. Casei-me em 1992 e minha esposa, Fátima, meu braço direito, muito tem me auxiliado, graças a Deus”, completa.

Laércio criou a Ação Entre Amigos do Oraveis, uma atividade que a sua diminuta visão e a boa vontade da comunidade permitam que ele possa desenvolver. Sai, portanto, pelas ruas da cidade diariamente munido de sua prancheta com seus bloquinhos de ação entre amigos, orando sempre para que a ciência ainda possa, senão reverter seu quadro clínico, dirimir o problema, permitindo assim que possa ainda ter uma vida normal. 

Marcadores: , ,

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
VER MAIS
EMPREENDEDORISMO
Carregando...
VER MAIS
EVENTOS
Carregando...
VER MAIS
HOMENAGENS
Carregando...
VER MAIS