ANO XVII FONE: (16) 3262-7700


Colecionador de livros

Tinha em seu poder, 385 livros furtados da biblioteca municipal e de diversas escolas



Uma inusitada ocorrência nesta semana aguçou a curiosidade de muita gente. De acordo com o boletim de ocorrência policial, Guardas Civis Municipais conduziram na manhã de segunda-feira (17), um jovem de 18 anos até a Delegacia de Polícia relatando na ocasião, que já há algum tempo observava-se o sumiço de livros da Biblioteca Municipal de Itápolis. Através de imagens de segurança, funcionários do setor viram na manhã de segunda-feira, um rapaz furtando volumes de uma estante da biblioteca e colocando-os em uma bolsa. De imediato, foi acionada a Guarda Civil Municipal e ele foi abordado. O jovem tinha 6 livros em sua bolsa e, em sua residência, foram encontrados pelos GMs, outros 379 volumes. Haviam em sua casa, além de 135 livros da Biblioteca Municipal e 158 da Escola Valentim Gentil, também das escolas Prof. Sebastião F. Arruda, Dr. Antonio Morais Barros, EMEI Loide Portolani e até 2 livros de duas escolas particulares.

O jovem foi indiciado e liberado para responder em liberdade.

Filosofia. "Amor à sabedoria"

Nossa reportagem foi até a residência do rapaz (do qual não divulgaremos o nome e endereço para preservar sua integridade), uma casinha modesta nos altos do Jardim 2000, um garoto bem cuidado apesar das dificuldades financeiras da família, inclusive, reclamou a dificuldade em conseguir um emprego seguro para que possa estudar, oportunidade em que argumentou; “Não tenho uma vocação definida ainda, até porque nem sei sobre meus próximos passos, porém, tenho grande paixão por leitura e por colecionar livros”. O jovem afirma que dos livros todos que tinha em seu poder, na verdade mais de 500, apenas menos de 50 ele não leu todinho, acentuando que vários deles foram lidos por diversas vezes. Alguns dos volumes ele afirma haver ganho.

Perguntado sobre o fato de retirar os livros furtivamente e não devolvê-los, o rapaz explanou que, além da paixão por leitura e conhecimento, a vontade de acumular é irresistível; “Eu gostaria de ter uma biblioteca com volumes sobre diversas matérias, uma vez que sou eclético e tenho tentação por temas diversos”. Ele frisou que tem maior atração por obras de grandes pensadores; “Entre os temas que gosto de ler e colecionar, destaca-se a filosofia. Sempre admirei os grandes pensadores”. Entre eles; sobressaem o filósofo, escritor e poeta alemão Friedrich Nietzsche e criador da psicanálise, o judeu austríaco Sigismund Freud.

O jovem conta que muitos dos livros que levou para seu ‘acervo pessoal’ estavam maltratados, em mau estado de conservação, que ele os recuperava e eram devidamente disponibilizados em uma estante. Insiste em afirmar que em seu poder essas importantes obras literárias estariam bem mais seguras e preservadas.

A conversa com o moço nos conduz a ter forte impressão de que tudo que ele ameja é adquirir mais conhecimento possível e dar vazão à sua vontade de crescer social e culturalmente.


É possível que pessoas de nossa comunidade se interessem em doar livros para que o jovem possa, enfim, ter a tão sonhada biblioteca em sua casinha nos altos do Jardim 2000.

Marcadores: , , , ,

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
VER MAIS
EMPREENDEDORISMO
Carregando...
VER MAIS
EVENTOS
Carregando...
VER MAIS
HOMENAGENS
Carregando...
VER MAIS